Os Alimentos mais poderosos que compõe as principais dietas de 2018

Tempo de leitura: 7 minutos

Não nos cansamos de dizer isto mas a verdade é que a mensagem teima em passar. Não só não é novidade que as dietas radicais não funcionam, como é muito melhor aproveitar o lado medicinal da natureza do que tomar medicamentos, tirando partido das suas propriedades preventivas, como sugerem muitos especialistas. A curto prazo, vemos resultados, mas, a longo, o mais provável é o peso extra regressar.

Dieta é um regime alimentar que devemos manter ao longo da vida, desde que este satisfaça as necessidades particulares e não algo que imponha sofrimento ou retire o prazer de comer. A cantora Adele, a cozinheira e antiga modelo Lorraine Pascale e a manequim e automobilista Jodie Kidd mentalizaram-se disso e passaram a seguir a Dieta Sirt, atualmente muito em voga em vários países.

Sirt ou não sirt?

A grande revolução do momento são os sirts, um recém-descoberto grupo de alimentos ricos em nutrientes especiais que, quando consumidos com regularidade, conseguem ativar no nosso corpo o mesmo gene magro, a sirtuína, que as dietas de jejum. E isto é bom porquê? É que, quando jejuamos, a redução dos níveis de armazenamento de energia ativam aquilo que é conhecido por gene magro.

Fazem-no agindo como reguladores do metabolismo, estimulando não só a queima de gordura, mas também promovendo o aumento muscular e a saúde celular. Além disto, os investigadores perceberam que os alimentos referenciados como sirts eram primordiais em satisfazer o nosso desejo de sabor, respondendo aos nossos sete grandes recetores de sabor.

Para teros um contato mais direto você pode entrar em contato conosco via WhatsApp. Siga os Passos:

1. Nos de um “oi”

2. Salve o nosso número em sua agenda para que o sistema de proteção do WhatsApp não nos identifique como Spam!

3. Nos fale um pouco sobre você, suas dificuldades em emagrecer, algum tipo de problema que tenha, etc…

 

Ativar ou não as sirtuínas?

As sirtuínas, uma família de genes, são especiais porque ativam processos dentro das nossas células que influenciam coisas tão importantes como a capacidade de queimar gordura, a propensão (ou não) para a doença e a nossa longevidade. Estes genes são ativados pelo jejum, mas também pelo exercício, o que torna a dieta complicada. Em pleno século XXI, é, por vezes, complicado depender só destes dois fatores.

E, aqui, ativar as sirtuínas através de alimentos ricos em sirts pode fazer toda a diferença. Para os especialistas em nutrição Aidan Goggins e Glen Matten, autores do livro “A Dieta Sirt”, o que faz mais sentido não é as pessoas procurarem um comprimido que possua estes nutrientes tão complexos e sintetizados mas, sim, incluir os alimentos sirts na sua dieta.

Na verdade, à medida que aprofundaram a sua investigação neste campo, os autores descobriram que as melhores fontes de sirts encontram-se na alimentação dos povos que apresentam a menor incidência de doenças e de taxas de obesidade do mundo, como é o caso dos índios americanos Kuna ou dos os japoneses de Okinawa, conhecidos pela sua grande longevidade.

DOWNLOAD GRÁTIS 

RECEITAS PODEROSAS PARA EMAGRECER

 

 

 

Artigos Relacionados…. 

Qual o melhor para emagrecer? Academia ou Caminhada

Dieta vegetariana pode prevenir uma em cada três mortes prematuras

Estudos Mostra Que Exercícios Físicos Pode Aumentar a Felicidade

Dieta mediterrânica e alimentos sirt são compatíveis?

A pergunta impõe-se. Curiosamente, mais do que a contagem de calorias, a dieta tradicional mediterrânica é aquela que reúne mais consenso para a perda de peso, pois contém sirts potentes, como o azeite virgem ou o vinho tinto. Dizem-nos desde pequenos que a fruta, os legumes e os alimentos de origem vegetal são benéficos, porque contêm vitaminas e antioxidantes.

Mas há mais! Também são bons, porque introduzem um certo stresse nas nossas células, através dos polifenóis. Como é que o nosso corpo reage a isto? Estimulando as nossas vias de reação ao stresse, os genes da sirtuína. A cantora Adele, a cozinheira e antiga modelo Lorraine Pascale e a manequim e automobilista Jodie Kidd, seguidoras desta dieta, acabaram por compreender isto, com êxito.

Informação exclusiva Importante:

Hoje o melhor programa de emagrecimento foi intitulado de Dieta de 21 Dias do Doutor Rodolfo Aurélio, que foi considerado uma das maiores descobertas científicas da atualidade na industria do emagrecimento. Para conhecer acesse Aqui.

O que devemos comer?

Se a Adele consegue, nós também! A cantora inglesa nunca fez questão de emagrecer para seguir os padrões de beleza impostos, principalmente, às famosas. Contudo, a britânica voltou a ser notícia aquando do lançamento do álbum “25” por ter feito dieta e perdido 30 quilos. Em entrevista à revista norte-americana People, a intérprete de “Hello” explicou como o conseguiu.

A cantora contou ter perdido todos esses quilos ao longo de dois anos, mas não por causa da estética. “Nunca me quis parecer com as modelos das capas de revistas. Represento a maioria das mulheres e estou muito orgulhosa disso. Se decidi mudar o meu corpo foi estritamente por razões de saúde”, declarou. Para o conseguir, a celebridade adotou novos hábitos.

Para além de deixar de fumar, aderiu ao vegetarianismo e largou o sedentarismo. O pilates foi um grande aliado para movimentar o corpo e ajudou Adele a fazer as pazes consigo mesma. O resultado, segundo ela, foi o reencontro com o bem-estar. “Comecei a sentir-me cada vez melhor, tanto física quanto mentalmente”, disse, ao frisar a importância de ter seguido a dieta ao lado do marido.

Na opinião da cantora, que já atuou na Altice Arena, na altura Meo Arena, em Lisboa, o facto de terem feito a dieta a dois tornou o processo de perda de peso mais fácil. Os alimentos sirt não só estimulam o nosso gene magro, como ainda respondem às sete principais sensações de sabor. Estes são os sete tipos de ingredientes que deve privilegiar no dia a dia.

1. ALIMENTOS DOCES

Morangos e tâmaras são dois dos que deve privilegiar.

2. ALIMENTOS SALGADOS

Aipo e peixe são dois dos que deve ingerir.

3. ALIMENTOS ÁCIDOS

Os morangos fazem parte dos que os especialistas recomendam.

4. ALIMENTOS AMARGOS

Cacau, couve-galega, chicória, azeite virgem extra e chá verde são dos que também deve privilegiar.

5. ALIMENTOS ACRES

Malaguetas e azeite virgem extra são dos que os especialistas recomendam.

6. ALIMENTOS ADSTRINGENTES

Chá verde e vinho tinto são dois que deve consumir mas com moderação.

7. ALIMENTOS DELICIOSOS

Soja, peixe e carne são três dos ingredientes a ingerir com regularidade.

Aprenda a diferença entre alimentos fitness e funcionais com quatro receitas deliciosas

Especialista ensina quatro receitas práticas e deliciosas com os ingredientes queridinhos do momento nas dietas, como batata doce, óleo de coco e chia

Fitness ou funcional? As duas palavras são as mais recorrentes quando se fala de alimentação saudável hoje em dia, mas você sabe a diferença? A nutricionista Lívia Nogueira montou quatro receitas usando os ingredientes queridinhos do momento, como batata doce, óleo de coco, chia e linhaça para mostrar a diferença.

“Os alimentos funcionais, além das funções nutricionais básicas, quando consumidos como parte da dieta usual, agregam diversos benefícios à saúde. Já a alimentação fitness equilibra alimentos saudáveis com alguns ingredientes-chave, que ajudam a melhorar o desempenho durante as atividades físicas”, esclarece a nutricionista, que atende a rede Oba Hortifruti.

Como exemplo de alimentos funcionais, ela cita os cereais integrais, sementes, peixes e azeite de oliva. Já para compor o cardápio fitness, não podem faltar alimentos ricos em antioxidantes, proteínas -como frango e ovo- e carboidratos de baixo índice glicêmico, como a batata doce.

Artigos Relacionados…. 

Os principais benefícios da cenoura para a saúde

Dicas para Emagrecer saiba Como Reduzir Medidas Ainda Hoje

Lista dos Melhores Exercícios para Perder Barriga Sem Sofrimento

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *